Suplente de vereador, Alexandre Lima cumpre promessa e doa salário para APAE

Outro projeto ousado do empresário e também promessa de campanha que ainda não foi cumprida, é a 'Carreta da Saúde', equipada com ambulatório para a realização de exames gratuitos

Após assumir provisoriamente como suplente do então presidente da Câmara, Eurico Misse, o empresário Cajamarense, Alexandre Lima, do PEN (Partido Ecológico Nacional), doou seu salário para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Cajamar (APAE). A doação faz parte de sua promessa de campanha de doar mensalmente todo o salário de vereador para entidades filantrópicas sem fins lucrativos da cidade.

Mesmo não sendo vereador efetivo em Cajamar, o empresário vem realizando diversos trabalhos assistenciais no município, como a ‘Kombi da Solidariedade’, que entrega frutas, legumes e verduras para população de bairros carentes.

Outro projeto ousado do empresário e também promessa de campanha que ainda não foi cumprida, é a ‘Carreta da Saúde’, equipada com ambulatório para a realização de exames gratuitos.

Para Alexandre Lima, o trabalho voluntário segue, mesmo não sendo vereador efetivo.”Acredito que muitos brasileiros não têm conhecimento de que o nosso país é o único entre os 181 filiados à ONU que paga salários aos seus vereadores. Deixo claro, que a minha decisão consiste em demostrar meu interesse em trabalhar voluntariamente pelo desenvolvimento da cidade, doando meu trabalho e meu tempo e; como a maioria dos vereadores de outros países, contribuir com minhas idéias de fazer uma nova política com a participação direta do povo”, disse Alexandre.

SOBRE

Alessandro Alexandre Lima é empresário em Cajamar, é casado e tem 43 anos. Disputou as eleições em 2016 para candidato a vereador pelo PEN – Partido Ecológico Nacional, ficando com 645 votos, sendo suplente do atual presidente da câmara, Eurico Misse (DEM).

Comente