spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Sociedade quer adaptar UBS de Santana e Cajamar para pacientes com doenças cardiovasculares

Siga o Destaque Regional nas redes sociais

94,735FãsCurtir
16,488SeguidoresSeguir

O objetivo é reduzir a mortalidade pelas doenças cardiovasculares das cidades de Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba, Cotia, Pirapora do Bom Jesus, Vargem Grande Paulista, Carapicuíba, Jandira, Itapevi e Cajamar

spot_img
spot_img

No próximo dia 21, às 19h30, acontece a cerimônia de inauguração da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), Regional Osasco, que tem como objetivo reduzir a mortalidade pelas doenças cardiovasculares na região, consideradas hoje, as que mais matam. A Regional contempla 10 municípios, sendo eles: Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba, Cotia, Pirapora do Bom Jesus, Vargem Grande Paulista, Carapicuíba, Jandira, Itapevi e Cajamar.
A entidade terá como base três pilares fundamentais para desenvolvimento das atividades na região: promover eventos científicos na intenção de que os médicos cardiologistas atualizem seus conhecimentos de maneira continuada; conscientização da saúde cardiovascular e prevenção das doenças ligadas ao coração e, então, reduzir o número de mortalidade por doenças como AVC, insuficiência cardíaca e infarto.
O cardiologista Dr. Marcos Valério de Resende, presidente da Regional Osasco que estará à frente da gestão pelos próximos dois anos acredita que uma das maiores dificuldades na Rota dos Bandeirantes é a carência nas áreas da saúde e, mais especificamente, na cardiologia, pois afirma que nenhuma unidade de saúde pública possui o aparelho de cateterismo, que é o responsável por melhor desobstruir a artéria coronária durante um infarto agudo do miocárdio.
“Mapear e avaliar as estruturas de atendimento cardiológico, os profissionais atuantes na região, os prontos-socorros e hospitais públicos e os serviços oferecidos à população local serão algumas das atividades para diagnosticar se a região está apta a receber pacientes com doenças cardiológicas”, afirma Resende. “Já acionamos os secretários municipais de saúde para saber se os municípios têm eletrocardiograma e remédio para desobstruir a artéria em suas unidades de saúde”, completa o presidente.
Além de eventos para reunir os especialistas para troca de experiências, um dos objetivos da regional é organizar eventos abertos à comunidade local para realizar exames e avaliar obesidade, diabetes, colesterol alto, pressão alta e controle de tabagismo. A SOCESP Osasco realizará corridas, caminhadas, passeios de bicicletas visando a promoção de uma vida mais saudável. “Tornar essas questões conhecidas para a população no geral é uma tarefa importante, pois estes chamados fatores de risco podem ser combatidos e os resultados são inquestionáveis do ponto de vista científico”, alerta Marcos Resende.
No evento estarão presentes o presidente da SOCESP, José Francisco Kerr Saraiva, que ministrará uma palestra sobre suas expectativas com a nova sede e, os diretores da Regional, Dr. Marcos Valério, presidente, Valeria Angelim Pereira, diretora científica, Paulo Pucci, primeiro secretário, Júlio Mandu, segundo secretário, entre outros.

Outras Notícias

Compartilhe essa notícia

TEMPO AGORA

São Paulo
nuvens quebradas
8.7 ° C
9.9 °
8.2 °
79 %
7.7kmh
75 %
qui
14 °
sex
18 °
sáb
21 °
dom
22 °
seg
16 °

Outras Notícias

error: Content is protected !!