Pais de alunos denunciam falta de funcionários em creches de Cajamar

O diretor de Educação e Negócios Jurídicos da Prefeitura, Ricardo Rodrigues Gama, reconheceu que houve atrasos na contratação dos estagiários por conta da mudança na legislação que tornou inconstitucional o formato de contratação antigo


A tarde da última quinta-feira (22) foi movimentada em frente a EMEB Thays de Almeida Alves no Parque Maria Aparecida. Tudo por conta de pais de crianças que foram até o local se manifestar por conta da falta professores auxiliares e estagiários no local, o que, segundo os pais, afetou diretamente na segurança  e na qualidade de ensino das crianças.

Os pais alegam que não houve a contratação dos estagiários e professores auxiliares, o que sobrecarregou os professores que não conseguem lecionar, pois com a falta dos estagiários, os profissionais foram obrigados a realizar outras tarefas como levar as crianças ao banheiro e dar alimento.

“Me preocupo com minha filha de três anos que é obrigada a ir ao banheiro sozinha, correndo risco de se acidentar”, informou Sandra Ramos.

RESPOSTA DA PREFEITURA 

O diretor de Educação e Negócios Jurídicos da Prefeitura, Ricardo Rodrigues Gama, reconheceu que houve atrasos na contratação dos estagiários por conta da mudança na legislação que tornou inconstitucional o formato de contratação antigo que agora será feito através de provas e processo seletivo. ” A prova já está elaborada e o município correu com o processo para a contratação dos estagiários que já está em andamento”, informou.

Dr. Ricardo também desmentiu os boatos de que professores teriam salários reduzidos.

O Cajamar Notícias acompanha o caso.

Comente