Operação da justiça tem nove mandados de busca e apreensão em Cajamar

A investigação teve início em março de 2020 e apura o contesto de compras de produtos e equipamentos hospitalares destinados ao combate e enfrentamento do coronavírus na cidade.

Local onde estava instalado o Centro Medico de Combate ao Coronavírus de Cajamar.

O atual prefeito de Cajamar e candidato a reeleição na cidade, Danilo Joan (PSD), foi alvo de uma investigação da Polícia e Ministério Público em que investiga um suposto superfaturamento nas verbas destinadas ao coronavírus.

Há apenas dez dias antes das eleições, os policiais fizeram varreduras na sede da prefeitura de Cajamar e também no condomínio onde o prefeito mora na cidade. A operação teve início por volta das 6h da manhã desta quinta-feira (5).

A investigação teve início em março de 2020 e apura o contesto de compras de produtos e equipamentos hospitalares destinados ao combate e enfrentamento do coronavírus na cidade.

A operação conta com a participação de policiais onde realizam mandados de busca e apreensão, entre os locais estão o gabinete, condomínio onde Danilo mora, Diretoria de Compras e Licitações e na sede da Secretaria de Saúde do município.

No final da manhã, Danilo Joan realizou uma live falando sobre o caso. veja abaixo: