ONG Recode abre 180 vagas para curso de programação em SP

Vagas totalmente gratuitas! Não perca essa oportunidade!

A Recode está com inscrições abertas para o Recode Pro 2021, um projeto que tem como objetivo qualificar pessoas em situação de vulnerabilidade social como programadores. Ao todo, estão sendo oferecidas 180 vagas totalmente gratuitas para moradores da região metropolitana de São Paulo. Em função da pandemia, todo o curso acontecerá de maneira remota, com as aulas e dinâmicas acontecendo via internet.

“A programação é uma das áreas mais promissoras da atualidade e tem sido muito demandada pelas empresas. O Recode Pro vem contribuindo significativamente para a prática de contratações com valor social e com as políticas de diversidade e inclusão, sem que, para isso, as contratantes precisem abrir mão de profissionais de qualidade”, ressalta a gerente de Programas da Recode, Anna Paula Colacino.

Ao longo dos últimos dois anos, o projeto transformou a vida de muitas pessoas. Com o auxílio de uma feira de talentos promovida pela Recode, os formandos são encaminhados ao mercado de trabalho. Na edição de 2019, em nove meses, 92% dos alunos formados já estavam trabalhando no setor, recebendo um salário médio de R$4.985. Mesmo diante de uma pandemia, o sucesso também ocorreu na turma de 2020 e, desde o evento de recrutamento, realizado em 6 de abril, 39% já conseguiram uma colocação, com os demais ainda participando de processos seletivos.

Além do conteúdo técnico sobre programação, o Recode Pro desenvolve capacidades essenciais para o mercado de trabalho, como comunicação, criatividade, atuação profissional e resolução de problemas. Não é necessário ter conhecimento técnico prévio em tecnologia para participar da formação.

Inscrições gratuitas

Para participar, é necessário ter entre 18 e 39 anos, renda per capita de até um salário mínimo, ensino médio completo e residir na região metropolitana de São Paulo. Também é possível participar nas regiões metropolitanas de outras sete cidades, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Curitiba, Florianópolis ou Porto Alegre. Ao todo, serão 360 vagas para as cidades contempladas no Brasil. Basta acessar o site clicando AQUI, ler o regulamento e efetuar a inscrição até o dia 28 de junho. Em seguida, os participantes deverão realizar duas formações on-line: “Gestão de Projetos e Aplicativos de Impacto” e “ProgramAção”. Um grupo será escolhido para participar de um Hackathon, seguido por uma entrevista final individual. Além do desempenho final, a diversidade será levada em consideração no momento da seleção.

A previsão é que as aulas aconteçam entre agosto deste ano e fevereiro de 2022.

Comente essa matéria com o Facebook: