MP vai investigar fechamento da ortopedia do Hospital de Francisco Morato

O Ministério Público instaurou inquérito para apurar o fechamento da ala de atendimento ortopédico do Hospital Estadual de Francisco Morato que está previsto para ocorrer dia 31.

Reprodução/ Google Maps.

O Ministério Público instaurou um inquérito para apurar o fechamento da ala de atendimento ortopédico do Hospital Estadual de Francisco Morato. As atividades da ala de ortopedia do Hospital Estadual de Francisco Morato Prof. Carlos da Silva Lacaz serão encerradas no dia 31 de janeiro de 2021.

O promotor de Justiça João Paulo Robortella afirma em seu despacho: “Chegou ao conhecimento desta Promotoria de Justiça, por meio de representação apresentada pela deputada Professora Bebel. Segundo informado, a instituição é referência na região na prestação de serviços de ortopedia há mais de dez anos e a desativação da referida ala ocasionará, além de sobrecarga no Hospital de Franco da Rocha, prejuízos à população de Francisco Morato e região”. Sendo assim, o promotor decide pela instauração de procedimento investigatório.

Para a deputada Professora Bebel, que fez a denúncia, o fechamento desta ala faz parte de uma série de ataques do governo Doria contra a saúde no estado de São Paulo, como o corte de 12% nas verbas para Santas Casas e hospitais filantrópicos, cortes orçamentários para a saúde pública, sucateamento dos serviços públicos de saúde, desvalorização dos servidores públicos de saúde, entre outras outras. “Nosso mandato já ingressou também com representação no MP contra o fechamento da ala pediátrica do Hospital Estadual de Sumaré”, afirmou a deputada.

Comente essa matéria com o Facebook: