Morre médico de 28 anos que participava dos testes da vacina de Oxford

O comitê independente que está acompanhando o caso ainda sugeriu que os estudos com os teste continuassem.

Foi divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) nesta quarta-feira (21), que um médico de 28 anos, morador do Rio de Janeiro, que era paciente da fase de testes da vacina de Oxford morreu após complicações da Covid-19.

Segundo os dados informados pela ANVISA, o óbito foi notificado na última segunda-feira (19) e informou que o comitê independente que está acompanhando o caso ainda sugeriu que os estudos com os teste continuassem.

Vale ressaltar que a ANVISA não esclareceu o fato de o voluntário ter recebido doses testes da vacina ou o placebo. A farmacêutica AstraZeneca ressaltou que ainda não tinha um posicionamento sobre o caso.