Morador de Cajamar é preso após realizar arrastão em Jundiaí

Ao tentar fugir da polícia o indivíduo pulou no rio tentando fugir da polícia.

Os policiais militares E. Soares, Prado e Kuntze, da Força Tática do 11º Batalhão de Jundiaí prenderam dentro do Rio Guapeva, na madrugada deste domingo (06), um assaltante que participou de arrastão em lanchonete da rua Ricardo César Fávaro, no Jardim Santa Gertrudes. Esse tipo de crime vinha ocorrendo com frequência na região, inclusive com assaltos a clientes de restaurante e sorveteria no Jardim do Lago. Pelo menos oito pessoas foram vítimas da quadrilha, que é de indivíduos residentes na cidade de Cajamar.

Segundo os policiais, eles realizavam patrulhamento pela Avenida Dr Odil Campos Saes, quando avistaram uma moto e o condutor caiu do veículo ao deparar com a viatura. Foi dada ordem de parada e ele correu, se jogando no rio. Em seguida veio outra moto e o piloto disse que tinha sido uma das vítimas de arrastão em lanchonete do Jardim Santa Gertrudes e conseguiu uma moto para perseguir o ladrão.

Os policiais militares iniciaram as buscas ao indivíduo, que chegou a “mergulhar” nas águas do Rio Guapeva, para tentar fugir, mas não teve jeito e foi preso.

O rapaz, de 18 anos, disse que ele e um grupo de amigos resolveram assaltar os clientes da lanchonete, levando documentos, carteiras, dinheiros e telefones celulares, além dos veículos que estavam na frente do estabelecimento.

Como havia ingerido água do rio e se ferido na queda, o rapaz foi levado para atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo e em seguida apresentado no Plantão da Polícia Civil, sendo indiciado pelo roubo e preso no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Agora os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí vão fazer “visita” aos amigos do preso, para tentar recuperar os bens roubados das vítimas.