spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Messias é empossado prefeito de Cajamar pela terceira vez

Siga o Destaque Regional nas redes sociais

94,734FãsCurtir
16,484SeguidoresSeguir
spot_img
spot_img

O prefeito Messias Cândido da Silva (PPS) não conseguiu esconder a emoção ao ser ovacionado por cerca de 4 mil pessoas que superlotaram o Ginásio Poliesportivo Antônio Carlos Tramassi, no Distrito do Polvilho, na manhã de 1º de janeiro. “Cajamar está voltando a ocupar seu lugar de destaque no Estado de São Paulo, o mais poderoso do Brasil. Vamos continuar trabalhando como fizemos nestes últimos 26 meses. Vamos construir um Paço Municipal para melhor atendermos nossos munícipes. Quero anunciar a vinda da Semp Toshiba para a cidade que vai montar um Centro de Distribuição onde antes funcionava a Paoletti (indústria de alimentos Etti)”, anunciou o prefeito.

Pela primeira vez, a cerimônia de posse dos eleitos dos poderes Executivo e Legislativo, que há muitos anos não mantinham um relacionamento harmonioso, aconteceu fora da Câmara Municipal. O primeiro dia de 2005, já faz parte da história democrática do município de 58 mil habitantes, próximo a Capital Paulista.

Por unanimidade, os 10 vereadores empossados elegeram a mesa diretora da Câmara Municipal para este ano assim composta: Antônio Carlos Gonçalves, o Nenê Gonçalves, presidente; Antônio Pedro Martins, o Tonho, (vice-presidente); professor Irineu Lameira Belchior (primeiro secretário) e José Roberto de Andrade (segundo secretário).

A solenidade ainda contou com a brilhante performance da cantora lírica Cláudia Tazinaffo, que entoou o Hino Nacional. A Orquestra de Violeiros de Piracaia também emocionou o prefeito Messias, amante da moda de viola, com interpretações, entre elas, O Menino da Porteira.

Ao lado da esposa Rita de Cássia Tavares da Silva, do pai Sebastião e dos filhos Fernando e André Luís, Messias assinou o termo de posse. Momento em que foi aplaudido de pé pelo público, principalmente das arquibancadas do ginásio. O vice-prefeito José David Pereira (PSDB), Davisão, acompanhado da esposa Sônia Nascimento, dos filhos, do pai e do sogro cumpriu mais uma etapa do protocolo.

Os dez vereadores também assinaram o termo de posse: Aguinaldo Aparecido Camonge Ferreira, o “Pezão” (PFL); Anésio Ferreira de Campos (PV); Arnaldo Banharo Salgueiro, o “Gordinho” (PMDB); Irineu Lameira Belchior (PV); Antônio Pedro Martins, o “Tonho” (PSDB); Antônio Carlos Gonçalves, “Nenê” (PMDB); Izelda Carnaúba Cintra (PFL); João Batista Missé (PDT); José Carlos do Santos (PDT); e José Roberto de Andrade (PDT).

Messias fez questão de lembrar dos quase 20 mil eleitores que depositaram nele a missão de governar a cidade nos próximos quatro anos. “Tenho o sonho de envelhecer com dignidade e quando voltar para minha casa, poder olhar de cabeça erguida para meus filhos. Podem contar com o esforço deste prefeito e toda minha equipe para promover melhores condições para nossa cidade. Feliz 2005! Viva Cajamar!”, finalizou.

O recém-eleito presidente do Legislativo, Nenê Gonçalves promoveu um minuto de silêncio em memória aos cerca de 140 mil mortos do maremoto da Ásia e África, e avisou aos nove colegas que a sua gestão será inimiga dos aumentos de impostos e do controle rígido das despesas. “É interminável a jornada para se buscar o melhor para Cajamar. Foi dada a partida e que Deus nos abençoe”, declarou.

Referência em Educação
Por volta das 13 horas, prefeito, vice e os vereadores partiram no mesmo ônibus que os trouxeram ao local da posse para a Emei Professor Marcelo Antônio Ricomini Pascoal, em Jordanésia, onde foram recebidos pela diretora de Educação Lúcia Maria Carvalho.

“Já conseguimos reduzir em quase zero a procura por vagas em nossas creches, nestes dois primeiros anos de mandato. Vamos investir cada vez mais, pois a Educação é uma das minhas prioridades. Cajamar será referência em nossa Estado”, prometeu Messias que assume o comando do Executivo pela terceira vez.
Todos seguiram para à Câmara Municipal para cumprir a última etapa da maratona de posse.

Outras Notícias

Compartilhe essa notícia

TEMPO AGORA

São Paulo
nuvens quebradas
9.9 ° C
10.2 °
9.7 °
71 %
7.7kmh
75 %
qui
14 °
sex
18 °
sáb
21 °
dom
22 °
seg
16 °

Outras Notícias

error: Content is protected !!