Mãe esfaqueia filha cega no Distrito do Polvilho em Cajamar

Ao delegado, a mãe disse que temia ser morta pela filha. A mesma já havia inclusive realizado um Boletim de Ocorrência por ameaça de agressão.

Imagem do local do crime.

Por volta das 02h da manhã desta sexta-feira (18), viaturas da Policia Militar foram solicitadas para atender uma ocorrência de esfaqueamento na viela José Arnaldo de Sousa Feitosa, no Jardim Planalto, Distrito do Polvilho em Cajamar.

Quando os PMs chegaram no local do ocorrido, foram informados que a agressora é mãe da vítima, e que já havia se evadido do local há cerca de 30 minutos após o ato.

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo Destaque Regional, familiares socorreram a vítima ao Hospital Antônio Policarpo de Oliveira (hospital regional). A vítima tem 32 anos e é deficiente visual, foi agredida com 13 golpes de faca.

Viaturas da PM começaram a patrulhar o bairro do Polvilho e por volta das 03h15min localizaram a agressora pela Av. Tenente Marques. A ocorrência foi apresentada na delegacia de Jordanésia, onde foi feito Boletim de Ocorrência (B.O.) de Tentativa de Homicídio. A agressora foi presa e deverá ir para julgamento popular.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal de Cajamar com diversos ferimentos nas pernas, coxas, tórax e na cabeça.

Ao delegado, a mãe disse que temia ser morta pela filha. A mesma já havia inclusive realizado um Boletim de Ocorrência por ameaça de agressão.