Justiça condena mulher por maus-tratos a animais

A acusada mantinha 14 cães presos em gaiolas para aves e em cômodos escuros e com fezes.

A Justiça da Comarca de Bebedouro condenou mulher por maus-tratos contra animais domésticos. Ela foi condenada a prestação assistencial em dinheiro para uma entidade e a prestar serviços à comunidade, sendo obrigada a realizar doação semestral de sangue. Além disso, ela foi proibida de ter animais por três anos e seis meses.

A condenação se deu porque a acusada mantinha em sua residência sete gatos e 14 cães em situações precárias. Alguns dos animais estavam dentro de gaiolas para aves, outros com problemas respiratórios e lesões na pele e outros eram mantidos em cômodos sem acesso à luz solar e com fezes, a maioria deles com ectoparasitas na pele.

  Processo nº 1516209-50.2020.8.26.0072

Comente essa matéria com o Facebook: