Johnson & Johnson’s suspende testes da vacina contra covid-19 após doença de participante

A empresa se manisfestou dizendo que a doença do paciente está sendo analisada e avaliada pelo Conselho de Monitoramento de Segurança de Dados.

A empresa Johnson & Johnson’s suspendeu a testagem da vacina contra o novo coronavírus na última segunda-feira (12). Os testes foram interrompidos após uma das 60 mil pessoas que participaram dos testes apresentar uma doença que até o momento não pode ser explicada.

Em um documento enviado por pesquisadores envolvidos na testagem das 60 mil pessoas, em um paragrafo especifico dizia que uma “pausa regulamentar” na testagem seria cumprida.

Após o incidente, até mesmo o sistema de cadastro online para os pacientes se inscreverem para a testagem foi fechado. O conselho de monitoramento de dados e segurança foi convocado para tratar do assunto, este conselho é um órgão independente que zela a segurança dos pacientes.

A empresa se manisfestou dizendo que a doença do paciente está sendo analisada e avaliada pelo Conselho de Monitoramento de Segurança de Dados independente ENSEMBLE (DSMB), bem como por nossos médicos clínicos e de segurança internos.

A organização ainda disse: “A identidade deste paciente em questão deve seguir em sigilo para preservar a imagem da pessoa e também que a doença está sendo estudada com mais detalhes para que tenham todos os fatos concretos antes de compartilhar mais informações” – finalizou.