Ao menos 20 funcionários realizaram uma manifestação durante a manhã da última quarta-feira (10), na porta do Frigorífico Xinguara, localizado na Avenida Dr. Antônio João Abdalla, no distrito de Jordanésia.

Os funcionários relatam que os pagamentos ficaram atrasados por mais de um mês e quando o pagamento foi feito, o valor depositado foi muito inferior aos salários dos funcionários.

Funcionários da produção ainda dizem que a empresa fez uma reunião no dia 20 dezembro, informando que não teria condições de efetuar o pagamento do vale, dando férias coletiva a partir do dia 21.

Apesar da reunião e da “suposta férias coletiva”, os funcionários dizem que nenhum papel foi assinado sobre a reunião e as férias coletivas, e temem que por esse motivo, a empresa possa argumentar juridicamente que os funcionários cometeram abandono de emprego, justificando os salários “mixaria” entre R$ 200 e R$ 300 reais, pagos em Janeiro pela empresa.

Aparentemente em crise, o Frigorífico Xinguara não respondeu aos E-mails enviados pelo Cajamar Notícias desde quarta-feira, questionando as reivindicações e buscando esclarecimentos .

A manifestação ocorreu de forma pacífica e teve o apoio da Guarda Civil Municipal de Cajamar.