Eleições 2020: WhatsApp bloqueia 1004 contas

As contas foram banidas por violação dos Termos de Serviço do aplicativo durante o 1º turno das eleições.

Diante da parceria firmada entre o Tribunal Superior Eleitoral e o aplicativo WhatsApp, foram bloqueadas 1004 contas por práticas abusivas, tais como o disparo em massa, números duplicados e contas inválidas.

Tal medida visa punir quem agiu com o intuito de gerar desinformação na campanha eleitoral e tem como objetivos educar o candidato e garantir a lisura do pleito eleitoral.

Além dessa penalidade, o candidato que agiu de tal modo, poderá sofrer multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil ou o dobro da quantia gasta, sem prejuízo de ser processado por abuso do poder econômico, o que pode gerar consequências gravíssimas, como a perda do cargo e dos direitos políticos.