Eleições 2020: TSE autoriza convenções partidárias virtuais

Na tarde desta quinta-feira (4) o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) anunciou a autorização da adoção de convenções partidárias virtuais, a votação foi unanime e tem como objetivo a escolha dos candidatos nas eleições municipais deste ano. Para a adoção do novo método foi levando em consideração as novas regras de distanciamento social impostas por motivo do novo coronavírus.

De acordo com o calendário eleitoral, as convenções devem ser realizadas entre 20 julho e 5 de agosto. A eleição está marcada para outubro e nelas que os partidos definem os candidatos a prefeito e a vereador.

Segundo o TSE, essas reuniões devem seguir as mesmas regras e procedimentos impostos pela justiça eleitoral.

Até o momento a data das eleições estão definidas para outubro, porém, a mudança na data depende do Congresso. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem defendido que o adiamento, se for feito, seja no máximo até dezembro.