Danilo Joan manterá pela 2ª vez a prefeitura sem recesso de fim de ano

Nos anos anteriores da gestão do prefeito Danilo Joan, a prefeitura fechava por mais de 15 dias. Haverá apenas ponto facultativo nos dias 24, véspera de natal, e no dia 31, véspera de Ano Novo.

A exemplo do ano passado, o prefeito Danilo Joan irá manter o expediente normal da Prefeitura de Cajamar durante o fim de ano, sendo decretado apenas ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município.

Este será o segundo ano em que a medida é adotada em Cajamar. Nos anos anteriores, a prefeitura fechava por mais de 15 dias, saindo na terceira semana de dezembro e voltando na primeira ou segunda semana do ano novo. Em 2019, Danilo Joan cancelou o recesso pela primeira vez.

“Vejo a dificuldade das pessoas que dependem dos serviços públicos como as Unidades de Saúde e os atendimentos assistenciais e, para quem precisa, este período de recesso torna-se muito longo. Muitas pessoas se sentiam prejudicados e reclamavam por não ter onde recorrer. A cidade aparecia negativamente na imprensa local, regional e até em rede nacional devido o fechamento da prefeitura e postos de saúde. A população não pode ficar tanto tempo sem assistência”, justifica o prefeito.

Com isso, nenhum departamento da prefeitura terá o expediente suspenso e as Unidades de Saúde de Cajamar seguem com os atendimentos de consultas, exames e fornecimento de remédios normalmente. Exceto nos pontos facultativos (24 e 31/12) e nos feriados (25/12 e 01/01).

O Hospital Municipal Enfermeiro Antônio Policarpo de Oliveira, no Polvilho, e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Jordanésia, irão funcionar todos os dias, sem interrupção nos serviços. Além disso, outras atividades essenciais terão atendimento normal à população, como a coleta de lixo, limpeza pública e setor de ambulâncias.

Comente essa matéria com o Facebook: