Dalete Oliveira (PCdoB) é cassada, Eurico assume e Cajamar terá novas eleições

A chapa de Paula Ribas (PSB) e Dalete Oliveira (PCdoB), foi julgada na noite desta terça-feira (06) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ou seja, em terceira instância. Em suas análises todos os Ministros entenderam que a chapa cometeu crime eleitoral durante campanha em 2016, com inúmeras obras de asfaltos dias antes das eleições 2016, o que caracterizou  abuso político e econômico.

Com a decisão, a atual prefeita interina, Dalete Oliveira (PCdoB), que estava no cargo através de liminar, deverá ser totalmente desligada da prefeitura, assim como Paula Ribas (PSB), que já estava afastada por conta de outro processo criminal.

A atual gestão de Dalete Oliveira, marcou pelo grande desgaste político e diversas denúncias, inclusive envolvendo seu filho.

A ação que cassou a chapa foi realizada pela coligação “Uma Nova História para Cajamar”, chapa do segundo colocado, Danilo Joan.

O presidente da Câmara de Cajamar, Eurico Missé (DEM), deve assumir a prefeitura até a realização da nova eleição.

Related Post