O Governo do Estado de São Paulo depositou no mês de janeiro de 2019 o total de R$ 4.146.434,93 (Quatro Milhões, Cento e Quarenta e Seis Mil, Quatrocentos e Trinta e Quatro Reais e Noventa e Três Centavos), para o município de Cajamar. O depósito feito pela Secretaria da Fazenda é referente ao montante arrecadado em pagamentos de IPVA em 2019.

Somando os pagamentos com o FUNDEF (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o município de Cajamar já arrecadou em 2019, mais de 35 milhões, a quantia exata foi de R$ 35.093.007,29 (Trinta e Cinco Milhões, Noventa e Três Mil, Sete Reais e Vinte e Nove Centavos) até a data desta publicação, feita no dia 10 de março.

Destino do IPVA
A arrecadação do IPVA é feita pelo governo estadual e depositada em um caixa único, que recebe o dinheiro de todos os impostos estaduais. Do total arrecadado 40% fica com o governo estadual, 40% é repassado aos municípios de forma proporcional e os outros 20% são por lei destinados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

O restante do valor acumulado do IPVA, deve ser destinado para pavimentação e construção de ruas, avenidas e rodovias, bem com manutenção de todo malha viária municipal.

Destino do ICMS
O ICMS que o consumidor paga no ato da compra de uma mercadoria é empregado pelos estados e municípios em políticas públicas sociais para educação, saúde e segurança. Também é usado como incentivo ao desenvolvimento de setores como a produção de alimentos e a indústria automobilística, além da geração de energia renovável no caso específico de São Paulo.