Botijão de gás fica mais caro nesta quinta-feira

A Petrobrás anunciou aumento no preço do gás, válido a partir desta quinta-feira (05), para todas as categorias. O Sindicato das Distribuidoras alerta a população de que os custos serão repassados automaticamente e a responsabilidade é exclusiva da Petrobrás.

O Sindigás informa que suas empresas associadas foram comunicadas pela Petrobras na tarde desta quarta-feira (04) sobre novo reajuste de preço do GLP residencial e também para o GLP empresarial (para embalagens acima de 13 quilos).

De acordo com as informações que as distribuidoras receberam da Petrobras, o aumento de preço será entre 4,2% e 4,6%, dependendo do polo de suprimento, tanto para o GLP empresarial quanto para o residencial, válido a partir de 0h de amanhã, dia 05 de julho, nas unidades da petroleira.

Com o aumento, o ágio praticado pela Petrobras está em 25,45% em relação ao preço praticado no mercado internacional e o preço do GLP empresarial vai ficar 57,52% acima do valor cobrado pelo GLP residencial. Na avaliação do Sindigás, esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial as empresas que operam com uso intensivo de GLP.