Atleta cajamarense é campeão na etapa de Búzios-RJ do Circuito XTerra Brasil

O cajamarense Arthur foi campeão da categoria 25 a 29 anos na modalidade Cross Triathlon e 22º colocado geral, dentre mais de 200 atletas, incluindo atletas olímpicos.

Neste sábado (05/12), o atleta cajamarense Arthur Henrique Cunha Reis, 28 anos, conquistou a primeira colocação do Circuito XTerra Brasil, na única prova do ano, que aconteceu em Búzios-RJ. Arthur foi campeão da categoria 25 a 29 anos na modalidade Cross Triathlon e 22º colocado geral, dentre mais de 200 atletas, incluindo atletas olímpicos.

O atleta destaca-se no Cross Triathlon desde 2016. Nos anos 2017 e 2018, foi vice-campeão do Circuito Nacional e em 2019, campeão Nacional e 3º colocado no Panamericano.

Arthur começou no esporte com 8 anos, acompanhando seu avô na Corrida de São Sebastião em Cajamar. Desde então participou de diversas provas de corrida de rua e mountain bike, mas foi no Cross Triathlon que encontrou sua paixão. Na sua primeira competição na modalidade, em 2016, garantiu a 4ª colocação na etapa de Ilha Bela-SP.

O triathlon é uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades. No Cross Triathlon, as três modalidades são realizadas num estilo off-road, com natação em águas abertas, mountain bike e trail run.

Em 2021, Arthur dedicar-se-á aos Circuitos Panamericano e Mundial, participando de várias competições no exterior, como República Dominicana, México e EUA. O bom desempenho nas competições requer dedicação e disciplina, com uma rotina equilibrada de treinos das três modalidades e alimentação. Além disso, o triathlon é um esporte caro, que demanda investimentos em equipamentos de alto custo.

“Culturalmente, o país não valoriza o esporte e, com isso, é um grande desafio para o atleta se manter e ter bons resultados. A busca por patrocinadores é muito mais complicada do que em esportes já popularizados”, comenta o atleta, que atualmente conta com o apoio da Prefeitura de Cajamar, através da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Eventos e segue na busca por patrocinadores.

“Nós da Secretaria de Esportes ficamos muito felizes em proporcionar este respaldo ao Artur, e eu sei muito bem o quanto isso faz a diferença. Quando iniciei minha carreira como jogador de futebol não tive este incentivo e foi muito mais difícil. Agora, luto para que os cajamarenses sejam valorizados e se sintam acolhidos para levar o nome da cidade cada vez mais longe com suas conquistas”, ressaltou Fabiano Rodrigues, secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Eventos.

“Sou filho do esporte. Iniciei minha carreira como jogador e, independente da profissão que a pessoa siga futuramente, o esporte nos ensina disciplina, forma cidadãos de bem, por isso, estarei sempre disposto a incentivar os jovens de Cajamar a terem essa vivencia como atletas. É um orgulho ver que hoje tantos cajamarenses tem se destacado no mundo do esporte”, enfatiza Danilo Joan.

Nos perfis do Facebook e Instagram, pode-se conhecer mais sobre o trabalho do atleta.