Aposentado preso por passar mãos em passageira

O aposentado E.S., de 80 anos, morador na cidade de Icem foi preso por passar as mãos na passageira J., de 24 anos, dentro de um ônibus intermunicipal. Os dois viajavam no coletivo pela Via Anhanguera, quando a passageira pediu ajuda ao motorista, porque estava sendo atacada pelo anormal. O motorista parou na Rodoviária de Jundiaí e acionou a Guarda Municipal, que deteve o aposentado.

Dentro da nova lei de Importunação Sexual, o delegado Edson Antônio dos Santos determinou a prisão do aposentado, que foi conduzido até o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde deverá aguardar decisão da Justiça.

O aposentado disse ao delegado que estava apenas se coçando, esfregando as pernas e partes íntimas porque possuí problemas de varizes e precisa movimentar a perna para melhorar a circulação. Porém, o delegado entendeu que não havia necessidade de passar as mãos na passageira que estava sentada ao lado.

De acordo com o relato da jovem, além de se esfregar o aposentado tocou nela, inclusive levando as mãos até a sua virilha. Ela se sentiu constrangida e primeiro pensou que ele estivesse dormindo, mas depois percebeu que estava muito bem acordado.

A nova lei

Em setembro deste ano o presidente Michel Temer promulgou a nova lei da importunação. O acusado não vai mais para casa após ser denunciado.

A lei que criminaliza os atos de importunação sexual e divulgação de cenas de estupro, nudez, sexo e pornografia. A pena para as duas condutas criminosas é prisão de 1 a 5 anos.]

(Fonte: Jornal da Região)

Related Post