Cajamar Noticias

Notícias

Polícia de Jundiaí entra em alerta após mensagens sobre desafio da Baleia Azul

Polícia de Jundiaí entra em alerta após mensagens sobre desafio da Baleia Azul
abril 19
15:49 2017

A brincadeira da “Baleia Azul” colocou pais, educadores e a Polícia de Jundiaí em estado de alerta. Equipes de investigadores estão trabalhando para rastrear as mensagens divulgadas nas redes sociais, para tentar localizar os autores.

Uma mensagem, de suposto participante – da brincadeira que estimula auto mutilação e suicídios -, anuncia que fará envenenamento de balas com distribuição em escolas do município, para conquistar pontos no “jogo”.

O delegado da Seccional da Polícia Civil, Luiz Carlos Branco Júnior, determinou para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) o início as apurações.

Para facilitar o trabalho da Polícia, a DIG pede para os pais avisarem, no Disque Denúncia, o telefone 181, o número do telefone celular de quem enviou a mensagem.

Os donos serão chamados na Delegacia, para tentar identificar o autor das ameças.

Em outro caso investigado durante as eleições a Polícia Civil de Jundiaí conseguiu identificar as pessoas que fizeram “corrente” com denúncias falsas.

Um dos policiais destacados pelo delegado da DIG, Luiz Carlos Duarte, disse que a pessoa que está distribuindo essa mensagem e colocando os pais em pânico poderá ser presa e será denunciada à Justiça.

ATUALIZAÇÃO

O delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, Luiz Carlos Duarte, disse que após apurações dos policiais ficou claro que a população foi usada em mais uma brincadeira de mau gosto, em uma farsa.

A mensagem distribuída nas redes sociais, de uma suposta participante do Desafio da Baleia Azul, está “rodando” o País todo.

O delegado da DIG disse que em vários estados tem a mesma mensagem, com os “mesmos erros de Português” e “só trocam os nomes das escolas”.

O delegado Duarte disse que os policiais civis foram atrás das informações postadas nas redes sociais e concluíram que foi mais uma mentira. Porém, os pais não podem descuidar dos filhos e devem orientá-los a não aceitar doces de estranhos.

A Polícia Civil de Jundiaí também não registrou nenhum caso de suicídio praticado por participante do Desafio da Baleia Azul, segundo o delegado Luiz Carlos Duarte.

O único caso confirmado até agora foi em Pará de Minas (MG), onde adolescente se matou após fazer o Desafio. E outro caso mostrado pela apresentadora da Globo, Ana Maria Braga, de um adolescente de Santa Catarina, que também tentou se matar e havia mutilações com lâminas pelo corpo.

A psicóloga Juliana Romêra orienta os pais a conversarem com os filhos, para saber sobre o que estão passando e ajudem, com orientações. “Procurem estar atentos às pistas que eles nos dão”.

Fonte: Jornal da Região

Artigos Relacionados