Cajamar Noticias

Notícias

Homem é preso após aplicar golpe em caixa Eletrônico em Jordanésia

Homem é preso após aplicar golpe em caixa Eletrônico em Jordanésia
março 15
13:57 2016

Na tarde do último domingo (13), agentes da GCM foram acionados para comparecer na agência da Caixa Econômica Federal em Jordanésia, por haver um homem sendo flagrado pelo sistema de monitoramento acoplando um dispositivo estranho denominado (chupa cabra), nos caixas de autoatendimento.

Com base nas características do meliante, os agentes da GCM se deslocaram para o local, logrando êxito em deter Antônio Francisco Vieira de 44 anos de idade, vulgo (índio), morador do Parque Cocaia em São Paulo. Inquirido pelos agentes, informou que estava no interior da agência para fazer um depósito bancário, na busca pessoal foi encontrado em poder do meliante a quantia de R$ 40,00 (quarenta reais) e um aparelho de telefonia celular e na vistoria do veículo em que o ele estava, foram encontrados diversas ferramentas, fita dupla face e peças metálicas.

No interior da agência, os agentes localizaram 03 caixas eletrônicos que estavam com o mesmo tipo de material acoplado aos caixas, que impediam a saída do dinheiro, quando clientes efetuavam os saques. Os agentes da Guarda Civil Municipal, constataram ainda que no interior da agência havia 02 pessoas, que fizeram saques nos terminais dos caixas eletrônicos, porém as cédulas não saíam, entretanto, as vítimas constaram que os saques das contas delas haviam sido efetivados através dos extratos.

Cabe ainda ressaltar que também foi apresentado aos agentes da GCM, o mesmo tipo de material que foram instalados pelo mesmo meliante, nos caixas de autoatendimento localizados na agência da Caixa Econômica Federal no bairro do Polvilho.

Diante o fato, o meliante foi conduzido para a Delegacia de Polícia em Jordanésia, juntamente com os objetos apreendidos, onde a Autoridade Policial de plantão após tomar ciência dos fatos, requisitou perícia nos caixas de autoatendimento, sendo o meliante preso em flagrante delito na prática do artigo 155 parágrafo quarto, do Código Penal Brasileiro por furto qualificado, sendo recolhido a Cadeia Pública de Cajamar.

Compartilhar

Artigos Relacionados