Cajamar Noticias

Notícias

Cajamar recebe primeira UAM Combat

Cajamar recebe primeira UAM Combat
maio 02
07:33 2017

O lançamento oficial da WMAU – WORLD MARTIAL ART UNION, ou UAM – União da Artes Marciais, como é chamada aqui no Brasil, aconteceu no último dia 23 de abril em Cajamar com a primeira edição do UAM Combat.

O combate de Jiu-Jitsu entre os faixas marrom Isac Machado Silva, da Gracie Barra, que venceu Erik Silva, da Cicero Costha, por pontos (5×0) abriu o evento e foi uma amostra do que vinha pela frente, já que o combate foi bem disputado e levantou o público presente, que mesmo sendo num domingo de um final de semana prolongado, compareceu em bom número e encheu a By Brasil Restaurante e Eventos.

A segunda luta da noite foi a disputa do Cinturão Paulista da UAM, na Categoria 61 a 70 kg, onde Douglas Gava (Academia Kenshi) percebeu, logo no início, que seu adversário, Ozie Alexandre, sentiu o low kick e deu de bandeja o caminho para a vitória. Foi só insistir e, depois de mais alguns chutes na perna, obrigou-o a desistir do combate aos 2min25s do R1.

Já na Categoria 71 a 80 kg, Murilo Trindade e William Pereira partiram para a trocação franca e seguiram num ritmo alucinante até o final do primeiro round onde, apesar de William ter atacado mais, Murilo foi mais técnico e conseguiu encaixar os golpes mais contundentes, inclusive algumas joelhadas no tronco, que minou o “gás” de seu oponente. William não aguentou manter o mesmo ritmo no segundo round e desistiu do combate, aos 48 segundos.

A disputa do último Cinturão Paulista prometia ser a melhor luta da noite, mas logo no início do round, Cassio Rafael acertou um duríssimo low kick que lesionou o joelho de Nivaldo da Silva, TKO aos 1min05s.

Dois veteranos subiram ao ringue para a disputa do Cinturão Brasileiro da Categoria 71 a 80 kg. Jose Valmir dos Santos, de 40 anos, e Daniel Antonio da Silva, de 42 anos, fizeram um duelo de modalidades entre Muay Thai e Karatê, respectivamente, onde usaram, quase que exclusivamente, os golpes com as pernas. José Valmir aplicou um high kick certeiro na cabeça de Daniel e venceu o combate, aos 1min54s do R1.

A luta principal da noite seria entre João “Samurai” de Souza (Ryan Gracie / Takeshita Team) e Willian Pinheiro da Silva (Dragon Force Gold Team), mas Samurai se lesionou no aquecimento e o combate foi adiado. Com isso, o combate feminino foi promovido à “main event” e fez jus ao título. Nina Thai e Cristiane Maria fizeram a luta mais equilibrada e, sem dúvida, melhor da noite: ambas atacando o tempo todo, com boas combinações de golpes e alternando a vantagem durante os três rounds. O equilíbrio foi tanto que um dos árbitros laterais deu empate e os outros dois pontuaram 29×28 para Nina, que venceu por decisão majoritária e se tornou a primeira Campeã Brasileira da UAM, fechando a primeira edição do UAM Combat com chave de ouro, para a satisfação do Shihan Reinaldo José Gomes, idealizador da UAM e organizador do evento.

“Não foi fácil chegar até aqui, mas já estamos marcando a próxima edição para o segundo semestre deste ano. Claro que precisamos melhorar alguns pontos, este é o nosso foco: realizar a segunda edição melhor que a primeira, a terceira melhor que a segunda e assim por diante. Muito obrigado à todos que acreditaram na nossa proposta. Até breve!” Finalizou Shihan Gomes.

Confira os resultados oficiais:
Jiu-Jitsu: Isac Machado Silva (Gracie Barra) venceu Erik Silva (Cicero Costha);
Cinturão Paulista 61 à 70 kg: Douglas Henrique Gava (Academia Kenshi) venceu Ozie Alexandre da Silva “Oyama” (Ton Muay Thai) por TKO aos 2min25s do R1;
Cinturão Paulista 71 à 80 kg: Murilo Trindade Silva (Fight Point) venceu William Pereira da Silva
(Matriz Seishin Kyokushin) por TKO aos 48 segundos do R2;
Cinturão Paulista 81 à 90kg: Cassio Rafael (Dragon Force Gold Team) venceu Nivaldo da Silva Cardoso (Team Silvério) por TKO aos 1min05s do R1;
Cinturão Brasileiro 71 à 80 kg: Jose Valmir dos Santos (Dragon Force Gold Team) nocauteou Daniel Antonio da Silva (Karate Full Contact) aos 1min54s do R1;
Cinturão Brasileiro 61 à 70 kg: Aline Silva Ferreira “Nina Thai” (Ton Muay Thai) venceu Cristiane Maria da Silva (Tribo Terra) por decisão majoritária.

Texto: Victor Nunes (mmapremium)

Compartilhar

Artigos Relacionados