Cajamar Noticias

Notícias

Cajamar inicia campanha nacional de vacinação contra Influenza

Cajamar inicia campanha nacional de vacinação contra Influenza
abril 18
16:14 2017

A partir do dia 17 de abril até 26 de maio tem início a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe).

A novidade este ano é a inclusão de professores, juntamente com profissionais de saúde, idosos com 60 anos ou mais, crianças entre 6 meses a 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias), pessoas com doenças crônicas (respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica), diabetes, obesos, transplantados e portadores de trissomia. As demais patologias deverão ser informadas à Equipe de Enfermagem das Unidades para orientações. Não deverão ser imunizadas pessoas com alegria a ovo.

Em razão da grade de entrega das vacinas os grupos serão atendidos em cinco etapas. A primeira delas, realizada no dia 10, contemplou os trabalhadores de saúde dos hospitais. Em seguida, a partir do dia 17 serão imunizados os servidores de saúde da rede pública e privada e pessoas com 60 anos ou mais.

A partir do dia 24, gestantes, puérperas e crianças entre 6 meses até 5 anos incompletos. A penúltima etapa, a partir de 2 de maio, é reservada a pessoas com doenças crônicas e por último, a partir de 8 de maio, professores e pessoas de todos os outros grupos que não compareceram na data específica.

É importante ressaltar que pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis (respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica), de acordo com o Ministério da Saúde, serão vacinadas mediante a indicação médica ou receita contendo os medicamentos de que faz uso para estas doenças.
O dia “D” de mobilização nacional será sábado, 13 de maio.

Serviço: Vacinação contra Influenza

Data: 17/04 à 26/05 (exceto aos sábados)

Locais: UBS do Polvilho, Jordanésia e Parque São Roberto

USF de Cajamar Centro, Parque Maria Aparecida, Km 43e Ponunduva

Horário: De acordo com as salas de vacinas de cada Unidade
Em caso de dúvidas consultar a Vigilância Epidemiológica (4408-5548)

Compartilhar

Artigos Relacionados